O que é Transtorno do Estresse Pós-Traumático?

O Transtorno de Estresse Pós-Traumático é o distúrbio que se desenvolve a partir de alguma experiência relacionada a morte ou ameaça à integridade física e que tenham despertados sensações de medo, impotência ou horror.

Como sintoma, as pessoas que sofrem desse transtorno costumam ter sonhos recorrentes e aflitivos que os impedem de dormir ou de permanecer dormindo. Além dessas mudanças em relação ao sono, o paciente apresenta outras mudanças comportamentais, como o fato de se tornarem mais irritadiços e de se afastarem dos mais próximos.

Todas as pessoas que sofrem de Transtorno do Estresse Pós-Traumático passaram por alguma situação de trauma, mas nem todos que vivenciaram eventos traumáticos desenvolvem o transtorno. Entre os homens, o índice é de 5% e costuma estar relacionado à violência declarada, como por exemplo, em situações de guerra. Já entre as mulheres, o índice é de 10%, e deve-se a experiências de assédio sexual ou estupro.

Não existe uma forma precisa de diagnosticar o Transtorno, por isso existem diversos métodos, como escalas desenvolvidas em função do estresse dos soldados da Guerra do Vietnã e avaliações de distúrbio cognitivo.

O tratamento para o Transtorno pode ser farmacológico ou psicoterapêutico. Como não existem remédios específicos para tratar o Estresse Pós-Traumático, a medicação que se usa é aquela indicada para o uso de outros distúrbios, como os que têm relação com a ansiedade, o humor ou a hipertensão. Já o tratamento psicoterapêutico, sempre recomendado, varia conforme a linha psicológica – cognitivo-comportamental ou dinâmica, por exemplo.

Saiba mais sobre psiquiatria em Porto Alegre.